Numa manifestação de claro apoio ao “Outubro Rosa”, movimento internacional de prevenção do cancro da mama, promovido no Algarve pela Associação Oncológica do Algarve (AOA), um grupo de motards liderado por Elisabete Vasconcelos representando “Pink Riders Motard Club”, chamou a atenção de toda a cidade de Faro, no dia 10 de outubro. O objetivo foi alertar para a importância do rastreio do cancro da mama. Este rastreio, implementado pela AOA em 2006, realiza anualmente cerca de 16.000 exames mamográficos. Todas as mulheres elegíveis (50 aos 69 anos de idade e sem patologia mamária prévia) inscritas no Centro de Saúde da sua área de residência são convocadas para fazerem um exame mamográfico, de forma gratuita, na Unidade Móvel de Rastreio do Cancro da Mama, da AOA, que se desloca, de 2 em 2 anos, ao Centro de Saúde de cada concelho do Algarve. Estes exames são depois estudados por médicos radiologistas e, sempre que necessário, a mulher é chamada para uma consulta de aferição, seguindo depois os trâmites clínicos.


Fazemos votos para que esta iniciativa dê os seus frutos e possa inspirar muitas outras por toda a região.


Participaram nesta manifestação as seguintes associações motards, liderada por Pink Riders Motard Club (Elisabete Vasconcelos), Rider’s 13 – Moto Clube Moncarapacho, G.M. Golfinhos da Estrada Almancil, Moto Clube Universitário Os Infantes, Grupo Amigos Motard’s Os Piratas


Bem-hajam! 💗